Fato ou Fake? Aproveitamento de Márcio Goiano

É Fake!!!

Em entrevista nas rádios após o jogo entre Imperatriz e Náutico, o atual comandante do Timbu afirmou que tinha um dos melhores aproveitamentos como treinador na história do Náutico. Baseado no fantástico acervo desenvolvido por Carlos Celso Cordeiro em seus livros sobre o retrospecto de todos os jogos da equipe alvirrubra, somado a continuidade de pesquisa de nossa editoria, o Futimbu foi investigar e encontrou dados nem tão favoráveis quanto Márcio Goiano poderia imaginar.

O total de registros de treinadores que estiveram no comando do Náutico por 20 ou mais jogos é de 64, desde Palmeira (221 jogos) a Paulo Cesar Gusmão (20). Com 26 jogos no comando técnico, Goiano ocupa a posição de número 52 entre os treinadores que mais atuaram no cargo..

Se igualarmos os critérios de pontuação para todos os treinadores (com vitória valendo 3 pontos e empate 1), Danilo Alvin (31 jogos, 25 vitórias, 2 empates e 4 derrotas) aparece no topo do ranking com proporcionais 82,8% de aproveitamento, obtidos em 1978, entre amistosos e a disputa do estadual (conquistado pelo Santa Cruz e sem a participação do Sport).

O Top 10 dos treinadores com mais de 20 jogos e melhor aproveitamento é seguida por Juan Perez (77,,08% em 32 jogos) Oto Vieira (73,91% em 23 jogos), Paulo Emilio (70,51% em 26 jogos), Ricardo Diez (70,10% em 97 jogos), Alfredo Gonzales (69,61% em 102 jogos), Julio Espinosa (69,61% em 34 jogos), Ernesto Guedes (69,44% em 24 jogos), Antoninho (67,90% em 54 jogos) e Sivio Pirilo (65,74% em 36 jogos)

Considerando o percentual de vitórias, a liderança também é de Danilo Alvin (80,65% dos jogos), seguido de Juan Perez (71,88%) e Paulo Emílio (65,38%). A melhor média de gols marcados pertence a Joaquim Loureiro (3,385) e a menor média de gols sofridos pertence a Ernesto Guedes (0,417 gols sofridos por partida).

Até o momento, o aproveitamento de Márcio Goiano é de 55,13% que o coloca na 38ª posição entre os 64 avaliados. As 12 vitórias (46,15%) representam o 40º posto em percentual de triunfos, enquanto a média de gols marcados (1,577) e gols sofridos (1,154) apontam para 39ª posição em ambos os casos. O melhor desempenho de Márcio é no saldo de gols médio, ocupando a 21ª posição

Start a Conversation